Doação de Cabelo

Oioi, gente!
Eu, Jéssica, invadi o blog da linda da Ju Colet para falar sobre um assunto muuuuito bacana, que é a doação de cabelo.
Creio que muitas de vocês já tenham lido ou ouvido falar sobre isso, então eu vim aqui compartilhar a minha experiência, para quem sabe dar um empurrãozinho em quem tem vontade de doar mas ainda tem algum medinho, hahaha.
Tudo começou em 2013, último ano da faculdade e também época de formatura. Decidi que deixaria meu cabelo crescer, para que quando eu me formasse, eu conseguisse fazer qualquer penteado que eu imaginasse. Dei um chega pra lá no cabeleireiro, ia somente retocar minhas mechas, mas quando o assunto era cortar, eu mesma era quem fazia o serviço (aprendi no Youtube, hahaha).
Enfim, me formei e decidi que iria iniciar esse novo ciclo da minha vida de visual novo. Eu sempre fui apaixonada por cabelo curto, achava que passava um ar de "responsabilidade", além de ser super estiloso. Porém, cometi um erro fatal, que foi o de achar que seria super fácil desapegar do meu cabelo que estava enoooooooorme, como vocês podem ver abaixo:


Enrolei por 1 mês, 2, 3, 6, 8, até que fuçando no Facebook, encontrei aquele empurrãozinho que faltava. E o empurrãozinho se chama Cabelegria. ♥
O projeto Cabelegria começou em Outubro de 2013 por duas amigas, e tem como objetivo central ajudar crianças com câncer. O sucesso e a mobilização das pessoas foi tanto, que em 6 mêses elas já conseguiram transformar o projeto em uma ONG, e desde então elas vêm fazendo milhares de crianças felizes!
Mas Jéssica, o que é que o seu cabelo tem a ver com a ONG? Acontece que a ONG trabalha com arrecadações de cabelos, e em parceria com a Andrea Lopes Cabelos, confeccionam peruquinhas para amenizar o sofrimento que o câncer causa nas crianças.
E foi vendo tudo isso, as fotos das crianças todas felizes com suas peruquinhas, esse projeto maravilhoso que essas duas amigas criaram, que eu não pensei duas vezes e tchanaaaaaaaan:


Sim, eu CORTEEEEI. Se eu sinto falta do meu cabelo? Sinto. Se eu me arrependo de ter cortado? JAMAIS. Foi a melhor coisa que eu fiz na minha vida, e com certeza farei de novo! É uma sensação de dever cumprido, de amor ao próximo e isso é gratificante demais. ♥
Se você tem o cabelo grande e tiver a intenção de cortar, vai aí a minha dica: não corte apenas, DOE. O tamanho mínimo para doar é de apenas um palmo, garanto que não vai fazer falta nenhuma. E garanto também que cresce rapidinho, pois hoje, com 2 mêses desde o dia em que eu cortei, meu cabelo já cresceu 4 DEDOS!!!
Então é isso, girls, no final do post vou deixar o link e a fanpage do Cabelegria para quem quiser entrar e se informar sobre o procedimento de doação. E agora, uma fotinho do resultado final, haha:


Espero que vocês tenham gostado dessa dica, e lembrem-se sempre: "Fazer o bem, sem olhar a quem".

Site: AQUI
Fanpage: AQUI


Beijinhos da Jéss!








CONVERSATION

VOLTAR
AO TOPO