Chocolate amargo X chocolate branco X chocolate diet: faça a melhor escolha

A Bahia é o estado que produz cerca de 95% do cacau do Brasil. A Floresta de Chocolate é o nome da região cacaueira da Mata Atlântica devido à diversidade de espécies vegetais encontradas no local.
O chocolate era um alimento “dos deuses”, os Maias e Astecas faziam uma bebida de cacau que era fonte de muita energia!
Os efeitos benéficos do chocolate são causados por um grupo de substâncias chamadas FLAVONÓIDES, que fazem parte dos compostos fenólicos. Os flavonóides e os compostos fenólicos são os responsáveis pelos efeitos benéficos de vários outros alimentos como café, tomate e outras frutas e vegetais. No caso do cacau, os flavonóides estão presentes nos seus grãos.
Os flavonóides são classicamente conhecidos por sua ação como antioxidante, diminuindo o risco de doenças cardiovasculares, de câncer, estresse e depressão.
O chocolate ajuda também na liberação de serotonina, hormônio que causa sensação de bem estar. Possui também inúmeros minerais essenciais para saúde (cobre, magnésio, potássio, manganês) e vitaminas.
Porém fiquem atentos aos diferentes tipos de chocolate:

Chocolate Amargo: o mais indicado pra você que não quer sabotar seu controle alimentar. Os que possuem 70% de cacau ou mais são os mais saudáveis, além de serem ricos em flavonóides. A versão com 90% cacau contém pouco ou nenhum açúcar.
Possui vários benefícios ao coração, equilibra o colesterol e diminui o estresse. Possuem antioxidantes e evitam o envelhecimento precoce. As opções com menos de 70% podem conter grandes quantidades de açúcar e gordura, o que diminui sua qualidade e traz efeitos contrários aos do cacau. Quanto ao chocolate meio amargo , sua composição é bem diversificada de acordo com a marca do chocolate, por isso, evite.
Chocolate Branco: é produzido a partir da manteiga do cacau, apresenta poucos benefícios à saúde. Não tem quase nada de cacau, sua composição se resume a leite, manteiga de cacau e açúcar. Se você gosta desse tipo de chocolate dê preferência às versões sem açúcar, sem lactose e sem glúten.
Chocolate Diet: apesar de não possuírem açúcar na composição, podem conter uma quantidade maior de “gordura do mal” o que não é legal! Aos pacientes diabéticos geralmente é recomendado caso for preciso, até 30g por dia de chocolate 70% a 90% de cacau, pois a versão Diet é muito mais calórica e calorias fazem muito mal à saúde.
Fiquem atentos!

Muitos dos alimentos que são ditos como saudáveis, na verdade são uma versão mascarada de alimentos ricos em gorduras, açúcares e outros tantos ingredientes que além de engordarem, fazem muito mal à sua saúde!

Beijos, Camila Siriani
www.Sallutemctp.com.br

CONVERSATION

VOLTAR
AO TOPO